Capital Coronavírus

Para não perder apoio de Bolsonaro, Crivella anuncia que deve começar reabertura do comércio

" Se Deus quiser, nos próximos dias vamos começar a reabrir as coisas" afirmou Crivella após se reunir com o presidente Jair Bolsonaro.

21/05/2020 18h13
Por: Redação - Noticiário do Rio Fonte: O Globo
(Reprodução/ Internet)
(Reprodução/ Internet)

O prefeito Marcello Crivella afirmou nesta quinta-feira, após se reunir com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto, que submeterá ao "conselho científico" do município nesta sexta um plano elaborado com empresários para retomar principalmente o setor do comércio e parte do setor de serviços do Rio de Janeiro, em meio à pandemia do novo coronavírus.

— Agora estamos no estudo da retomada. Se Deus quiser, nos próximos dias vamos começar a reabrir as coisas - declarou Crivella, na saída da reunião, realizada a convite de Bolsonaro, que pediu informações sobre a capital fluminense.

Ainda segundo o prefeito, a reabertura será escalonada "como todo lugar do mundo". Ele apontou que houve uma queda de 80% das aglomerações e do número de passageiros em ônibus na cidade, o que daria "sinais no horizonte que devemos voltar as atividades".

Crivella almoçou com Bolsonaro e com o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, e depois teve uma reunião privada com o presidente, que não consta em sua agenda oficial até o momento. Ele contou que tratou do coronavírus na conversa, mas se recusou a dar detalhes sobre o que foi discutido no encontro, argumentando que cabe ao anfitrião divulgá-los.

Questionado sobre a situação do Rio no combate à Covid-19 e se fez algum pedido específico ao chefe do governo federal, o prefeito disse que há leitos disponíveis nos hospitais.

— No Rio de Janeiro está, graças a Deus, havendo leitos, e enfrentando essa tragédia [...] O Rio de Janeiro tem respiradores. Nós compramos na China 806 respiradores e já recebemos - afirmou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.