Política Pandemia

Crivella pede bares e restaurantes fechado e aponta 'insegurança jurídica' por decreto

Prefeito do Rio disse que vai analisar as recomendações feitas pelo estado na última sexta-feira e que apresentará novas determinações no próximo domingo (7).

06/06/2020 18h06
Por: Redação - Noticiário do Rio Fonte: G1
Crivella diz que decreto do governo traz 'insegurança jurídica' — Foto: Reprodução/YouTube
Crivella diz que decreto do governo traz 'insegurança jurídica' — Foto: Reprodução/YouTube

O prefeito do Rio de Janeiro disse, na tarde deste sábado (6), que o decreto assinado governador Wilson Witzel (PSC) liberando jogos de futebol e o funcionamento de bares, restaurantes e shoppings traz 'insegurança jurídica' e cria dúvidas para a população.

Segundo Crivella, as regras apresentadas pelo estado são apenas orientações e que somente a prefeitura pode determinar a reabertura desses setores.

"O decreto do governo traz, de certa forma, uma insegurança jurídica. Quem lê vai entender que são recomendações e não determinações. As pessoas podem se confundir (...) Eu pediria a todos para que não abrissem [bares e restaurantes]. Vamos aguardar a reunião do Conselho Cientifico e esperar uma definição", afirmou Crivella.

O prefeito prometeu se reunir com o Conselho Científico do Rio no próximo domingo (7) para avaliar cada item do decreto e decidir o que será reaberto a partir de segunda-feira (8).

"Na realidade, o decreto do governador é uma mera recomendação. Se tiver um conflito aparente, deve prevalecer as recomendações da prefeitura", explicou o procurador geral do Município, Marcelo Marques.

Divergência de opiniões

Segundo o prefeito do Rio, a coletiva de imprensa deste sábado (6), realizada no Riocentro, na Zona Oeste, foi importante para informar a população e tirar dúvidas sobre a divergência de opiniões entre município e estado em relação ao que se pode abrir nesse momento da pandemia.

Por conta do decreto do governo estadual, a prefeitura terá que alterar seu planejamento inicial, que pretendia avançar de fase na estratégia de retomada a cada 15 dias. Contudo, após a reunião de domingo, é provável que novos setores possam retomar, segundo Crivella.

"É possível (autorizar a reabertura) de algumas atividades. Por exemplo, os shoppings. Com controle que nós temos sim. Nós temos parâmetros para permitir que eles abram. Precisamos submeter ao conselho científico e ao conselho de crise para saber se há viabilidade prática para implementa-las", comentou Crivella.

Shoppings

Para liberar a reabertura dos shoppings da cidade, o prefeito disse que é importante que os estabelecimentos respeitem todas as regras de higiene e distanciamento social. Segundo Crivella, todos os shoppings deverão controlar o número de pessoas circulando, o número de carros nos estacionamentos, além de garantir a aplicação de álcool gel nas mãos de todos os usuários e obrigar o uso de máscaras de proteção.

"Ninguém quer voltar ao período onde tínhamos 300 óbitos por dia. Nossa média histórica é de 180 óbitos. Por isso é importante ter prudência", disse o prefeito.

Metodologia

O prefeito Marcelo Crivella também explicou que o Conselho Científico do Município vem analisando dados da pandemia para fazer suas avaliações e determinar cada etapa da flexibilização das medidas de isolamento social no Rio.

Segundo o prefeito, as decisões só são tomadas quando surge um consenso entre todos os membros do conselho. Para garantir uma escolha segura, o grupo considera a redução gradativa de pacientes procurando as clinicas de atenção básica de saúde e o número de óbitos por covid-19, além da fila de pessoas que aguardam internação e o número de leitos disponíveis na rede de saúde.

"Esses números tem nos motivado a decidirmos pelo início das atividades econômica, com protocolos para cada uma das fases subsequentes. Nós estamos sempre avaliando para ver se continuamos o processo de reabertura ou se voltamos com as medidas de isolamento", disse.

Na última sexta, o estado do Rio de Janeiro contabilizou um total de 6.473 mortes e 63.066 casos de Covid-19.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Rio de Janeiro - RJ
Atualizado às 17h46 - Fonte: Climatempo
26°
Alguma nebulosidade

Mín. 15° Máx. 32°

27° Sensação
13 km/h Vento
58% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (07/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens
Quarta (08/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens
Anúncio