Política Tribunal de Contas

TCE determina que governo do RJ não contrate OS para gerir hospital de campanha

Organização Social Iabas, responsável pelas unidades, não concluiu as obras. Corte também determinou que não sejam feitos novos pagamentos à OS.

09/06/2020 13h26 Atualizada há 4 semanas
Por: Redação - Noticiário do Rio Fonte: G1
(Reprodução/ Internet)
(Reprodução/ Internet)

O Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) determinou, nesta terça-feira (9), que o governo não contrate qualquer organização social (OS) para gerir os hospitais de campanha, cujas obras atrasaram e deveriam ter sido entregues pela OS Iabas.

A Corte também impede que o estado pague à Iabas no processo referente às unidades. No total, a OS receberia R$ 836 milhões pelas obras, sem licitação. O processo está sob suspeita.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Rio de Janeiro - RJ
Atualizado às 17h26 - Fonte: Climatempo
26°
Alguma nebulosidade

Mín. 15° Máx. 32°

27° Sensação
13 km/h Vento
58% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (07/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens
Quarta (08/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens
Anúncio