Domingo, 29 de Novembro de 2020
Casos de Polícia Polícia

Polícia Civil investiga desaparecimento de homem suspeito de assumir milícia na Zona Norte

O procurado teria assumido o grupo paramilitar após a prisão de Maxwell Corrêa, bombeiro acusado de atrapalhar as investigações do assassinato de Marielle Franco.

19/08/2020 10h59 Atualizada há 3 meses
Por: Redação - Noticiário do Rio
O procurado teria assumido o grupo paramilitar após a prisão de Maxwell Corrêa, bombeiro acusado de atrapalhar as investigações do assassinato de Marielle Franco.
O procurado teria assumido o grupo paramilitar após a prisão de Maxwell Corrêa, bombeiro acusado de atrapalhar as investigações do assassinato de Marielle Franco.

A Polícia Civil investiga o desaparecimento do homem suspeito de assumir o comando de uma milícia, na Zona Norte da cidade, depois da prisão de Maxwell Corrêa, bombeiro conhecido como Suel, acusado de atrapalhar as investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco. Fotos mostram a proximidade de Jorginho Brasão e Suel.

A BandNews FM apurou que a Delegacia de Homicídios da capital investiga se Brasão assumiu a chefia do grupo paramilitar em Rocha Miranda e se era responsável por gerir serviços irregulares como o fornecimento clandestino de internet.

Nas redes sociais, moradores do bairro fizeram publicações lamentando a morte de Jorginho Brasão, ainda não confirmada pela Polícia. A reportagem tenta contato com a defesa de Brasão.

Suel foi preso no dia 10 de junho em uma operação da Polícia Civil e do Ministério Público do Rio contra a milícia que tentava atrapalhar o inquérito do caso Marielle. Bombeiro e com salário de R$ 6 mil, ele morava em uma mansão do Recreio e possui bens incompatíveis com a renda.

O MP também disse que o bombeiro cedeu um carro para a quadrilha de Ronnie Lessa, preso acusado de matar a vereadora e o motorista Anderson Gomes, esconder as armas por uma noite, logo depois da prisão do PM reformado. No dia seguinte, outro preso no caso Marielle, Josinaldo Freitas, o Djaca, recolheu o armamento e jogou no mar. O veículo de Suel ficou estacionado em um supermercado. O bombeiro tentou esconder a propriedade do carro, sem sucesso.

Fonte: Band News FM 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Rio de Janeiro - RJ
Atualizado às 10h26 - Fonte: Climatempo
28°
Alguma nebulosidade

Mín. 20° Máx. 35°

30° Sensação
6 km/h Vento
66% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (30/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 37°

Sol com algumas nuvens
Terça (01/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Anúncio