Terça, 26 de Janeiro de 2021 00:53
Esportes Botafogo

Barroca pede compromisso para livrar Botafogo da degola e diz:

Ao ge, treinador analisa momento do time e cobra postura diferente para conseguir arrancada no Brasileirão. Técnico vê com bons olhos jogo contra o Inter e tira partida diante do São Paulo de lição

18/12/2020 10h13 Atualizada há 1 mês
Por: Matheus Carlos de Andrade Fonte: GE
Vitor Silva/Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Coragem, personalidade e compromisso com o Botafogo. Para além do desempenho e das questões táticas, esses são os lemas fundamentais desde que Eduardo Barroca assumiu o comando do time. O treinador conversou com o ge sobre a situação delicada na luta contra o rebaixamento e os planos para reerguer o clube.

Desde que o técnico chegou, o Bota já fez três partidas. Mas ele só estreou de fato no último sábado, na derrota para o Internacional. Pego pela Covid-19, Barroca revelou que ainda está com parte do pulmão comprometido e sob medicação, mas fez questão de voltar ao dia a dia de trabalho assim que conseguiu liberação dos médicos.

- A gente vai precisar muito de coragem, de personalidade para arriscar, de comprometimento com a instituição. Todo mundo precisa entregar tudo para a instituição. Se eu perceber que alguém não está, é minha obrigação agir. Estou dando o maior exemplo, estou com o pulmão comprometido, com a saúde fragilizada, e estou dando tudo pelo Botafogo - disse.

- Desde que voltei de Salvador eu ainda não fui na minha casa, e eu moro a 500 metros do Nilton Santos. Vou do hotel para o clube e do clube para o hotel. Estou com receio por conta da minha família, mas não tem nada mais importante do que manter o Botafogo na Série A - continuou.

No momento, até para subir na tabela, o grande desafio alvinegro é voltar a vencer. O Botafogo perdeu as últimas sete partidas do Brasileirão e não vence desde a 15ª rodada. A sequência fez o time despencar até a lanterna da competição. O próximo jogo será um duelo direto, contra o Coritiba, fora de casa, no próximo sábado, e Barroca espera uma reação.

- O jogo contra o Coritiba é uma final de Copa do Mundo. É um adversário direto, chance de ganhar duas posições. E para interromper essa sequência, para que a confiança volte e o jogador não entre em campo com esse peso. Não estou permitindo que a gente faça planejamento a médio prazo, pontuação, nada disso. O foco é no trabalho dia após dia. Agora, o foco total é no Coritiba. E será assim até o final. Qualquer coisa que a gente projete não é real, precisamos viver o presente e encontrar soluções rápido - explicou.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Rio de Janeiro - RJ
Atualizado às 23h48 - Fonte: Climatempo
26°
Poucas nuvens

Mín. 20° Máx. 36°

27° Sensação
16.6 km/h Vento
54.9% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (27/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 37°

Sol com algumas nuvens
Quinta (28/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 38°

Sol